Mermelada de plátano y clementina con ron gratis en pedidos superiores a 50€ (sin gastos de envío)

Doce Extra de Ananás dos Açores com Erva-príncipe

Precio de oferta

Precio habitual €5,50
( / )
Los gastos de envío se calculan en la pantalla de pagos.
Size
Clique here para notificarle por email cuando Doce Extra de Ananás dos Açores com Erva-príncipe esté disponible.

Este sitio está protegido por reCAPTCHA y se aplican la Política de privacidad de Google y los Términos del servicio.

Este sitio está protegido por reCAPTCHA y se aplican la Política de privacidad de Google y los Términos del servicio.

Salón de Gourmets 2014Salón de Gourmets 2016
Sin lactosa
Vegano
Sin OMG
Sin gluten
Hecho a mano
Sin aditivos

Descripción

Doce de aroma agradável e sabor bastante cítrico e agridoce, resultante da mistura do ananás dos Açores, Fruto de Denominação de Origem Protegida (DOP), com a erva-príncipe. Apresenta qualidades ímpares, realçando as características e sabor do fruto e da erva aromática, que lhe confere um aroma refrescante a limão.

Fácil de espalhar, ideal para barrar bolachas de aveia, de coco, biscoitos de caju, bolachas com chocolate, pão de cereais, tostas integrais, bolachas vegan, e para criar receitas de bolos com cremes de chocolate.

Acompanha bem vinagretas para saladas, aperitivos com presunto e fumados, harmonize em tábua de presunto pata Negra, presunto Serrano. Coberturas para gelados ou iogurtes, e ainda como recheio e cobertura de bolos, especialmente de chocolate, tartes de chantilly e Panna cotta. Ideal para preparar um cocktail combinando-a com vodka, gin e rum.

As compotas em bisnaga da meia.dúzia® são nº1 no mundo e foram premiadas com prémios de sabor e inovação em 2014 e 2016 em Madrid no Salão Gourmet de Madrid, ITQI Superior Taste Awards 2015 e 2016 em Bruxelas, e GREAT TASTE no Reino Unido em 2015 e 2017.

  • Descubra mais de 25 sabores destas compotas gourmet em bisnaga, entre sabores tradicionais e sabores exclusivos e ousados, sabores para veganos, sem glúten, e sem lactose.
  • O Método de Produção: Os doces de Fruta são preparados de forma artesanal, em lotes no máximo de 40kg e em panelas, com frutas de várias regiões de Portugal, com mais de 55% de fruta, sem adicionar aditivos e conservantes e com reduzida quantidade de açúcar, mantendo e preservando os métodos tradicionais.
  • Vantagens da Embalagem: As embalagens são práticas, fáceis de utilizar e para barrar, sem necessidade de usar colher. São mais higiénicas, fáceis de transportar, podendo levar para o trabalho, escola e fazer uma pausa com muito sabor. São opacas, sem contacto do produto com a luz, reduzido contacto com ar após a abertura, reduzindo a oxidação e aumentado o tempo de vida do produto.
  • Reciclagem da embalagem: As nossas embalagens são feitas com mais de 99,7 % de alumínio infinitamente reciclado, sem perder qualidade e sem ter de extrair mais da Natureza. Colocar no ecoponto para metais cor amarela.
  • Armazenagem e Conservação: Conservar a temperatura ambiente, após a abertura deve guardar no frio, no frigorifico.
Uso sugerido

Uso sugerido

Fácil de espalhar, ideal para barrar bolachas de aveia, de coco, biscoitos de caju, bolachas com chocolate, pão de cereais, tostas integrais, bolachas vegan, e para criar receitas de bolos com cremes de chocolate.

Acompanha bem vinagretas para saladas, aperitivos com presunto e fumados, coberturas para gelados ou iogurtes, e ainda como recheio e cobertura de bolos, especialmente de chocolate, tartes de chantilly e Panna cotta. Ideal para preparar um cocktail combinando-a com vodka, gin e rum.

Recetas | Cocinero

Recetas | Cocinero

  1. Presunto fatiado pata negra com doce extra de ananás dos açores com erva-príncipe meia.dúzia® - Lígia Santos – 1ª Master chef de Portugal
  2. Mil folhas tropical com doce extra ananás dos açores com erva-príncipe meia.dúzia® - Lígia Santos – 1ª Master chef de Portugal
  3. Bolo de iogurte com meia dúzia de sabores
Ingredientes

Ingredientes

Ananás dos Açores, açúcar, erva-príncipe, Pectina de citrinos e sumo de limão. Preparado com 55g de frutos por 100g de doce. Peso líquido: 75 g.

Origen de las materias primas

Origen de las materias primas

Informação nutricional por 100 g: valor energético 189,8 kcal/793,4 kj; hidratos de carbono 47,3 g; dos quais açúcares 47,0 g; lípidos 0,110 g; dos quais saturados 0,0 g; proteínas 0,283 g; sal 0,008 g.

Origem das materias - primas

Origem das materias - primas

O Ananás dos Açores/S. Miguel (Ananas comosus L. Merril, variedade Cayene) é produzido em estufas de vidro utilizando técnicas de cultivo tradicionais: aplicação de “fumos” e utilização de “camas quentes” à base de matéria vegetal. Ao fim de um período de dois anos, desde a plantação até à colheita, obtém-se um fruto de qualidades ímpares de aroma e sabor. A cultura foi introduzida em S. Miguel por volta de 1840-50, sendo comercializado na Europa há mais de um século. Fruto de forma cilíndrica, ligeiramente afusado, com casca laranja forte e polpa amarela. A polpa do ananás apresenta uma coloração amarela translúcida, um sabor agridoce sui generis e um aroma muito agradável.

A Erva-príncipe (Cymbopogon citratus) surge espontaneamente nas savanas da Índia meridional, Indonésia e Malásia, e é bastante cultivada em África e no Brasil, como planta medicinal e condimentar, fornecendo a indústria cosmética, farmacêutica e alimentar. Utilizada em chá, resulta numa bebida muito agradável com um forte sabor a limão, que funciona como digestivo e pode acompanhar as refeições. Combate a má disposição e a azia. Tem também uma ação hepatoprotetora e antiespasmódica do tubo digestivo. Tem propriedades calmantes, sendo por isso consumida para melhorar o sono, juntamente com a tília.